ÉPOCA BALNEAR SEM VÍTIMAS MORTAIS NA COSTA DE CAPARICA

Noticias

ÉPOCA BALNEAR SEM VÍTIMAS MORTAIS NA COSTA DE CAPARICA

14469549_1769036996689170_8055635437485035727_n

A época balnear na Costa de Caparica, que terminou às 19 horas de hoje, ficou marcada pela ausência de vítimas mortais, revelou esta tarde o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas BVC, Miguel Silva, em sessão destinada ao balanço das ocorrências nas praias.

O Plano Integrado de Salvamento, posto pela primeira vez este ano em prática, em “tempo recorde” para fazer face às dificuldades que se sentiram na pré-época balnear por falta de meios humanos, resultou da colaboração entre a Capitania do Porto de Lisboa, BVC, Câmara Municipal (Protecção Civil), Junta de Freguesia e associações de nadadores salvadores.

De acordo com o balanço apresentado esta tarde, entre 1 de Junho e 28 de Setembro, foram registadas 292 ocorrências nos 13 Km de praias vigiadas, das quais 134 salvamentos em água (46% do total) e 158 acções de primeiros socorros (54% do total).

No âmbito do Plano de Salvamento Integrado, os Bombeiros Voluntários de Cacilhas participaram com 15 nadadores salvadores e 6 mergulhadores. Foram ainda afectos à época balnear, por parte da corporação, um veículo de salvamento, duas motas de água, uma embarcação semi-rígido e um bote.

Na ocasião e perante as entidades presentes – comandante do Porto de Lisboa, coordenador da Protecção Civil de Almada, presidente da Junta da Costa de Caparica e presidente da Associação de Concessionários da Frente de Praias – o comandante Miguel Silva fez questão em sublinhar a necessidade de mais torres de vigia nas praias e de pelo menos dois nadadores salvadores na frente urbana fora da época balnear.

Miguel Silva, apelou ainda à alteração legislativa que permita aos Bombeiros participarem em planos como o que este ano, excepcionalmente, foi posto em prática e defendeu que os trabalhos de programação da próxima época balnear devem começar já a 1 de Outubro, com acordos concluídos até 31 de Dezembro deste ano.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Costa De Caparica

Ajude-nos a divulgar a Costa de Caparica