Fuzileiros vão ajudar a vigiar as praias antes da época balnear

Noticias

Fuzileiros vão ajudar a vigiar as praias antes da…

Os fuzileiros vão ajudar a vigiar as praias portuguesas antes da época balnear. Foi a solução encontrada pela Autoridade Marítima Nacional, em conjunto com a Marinha, para evitar comportamentos de risco nas zonas das praias da Costa da Caparica e a norte do Cabo da Roca.

O porta-voz da Marinha e da Autoridade Marítima, Pedro Coelho Dias, diz à Renascença que esta é uma campanha temporária baseada na prevenção. “É uma medida temporária e em especial durante este período de aumento de temperatura, com especial incidência aos fins-de-semana e nas praias da Costa da Caparica, ao norte do Cabo da Roca e até à Nazaré.”

“É uma presença muito mais do ponto de vista do aconselhamento, não é permanente e será antes da abertura da época balnear”, acrescenta Pedro Coelho Dias.

Só este mês morreram quatro pessoas por afogamento nas praias portuguesas. Uma quinta pessoa está desaparecida desde quarta-feira. Diz o porta-voz da Marinha que “os fenómenos recentes, que saem completamente do padrão, suscitam-nos esta necessidade, porque [é preciso] reforçar ainda mais a nossa presença”.

Uma nota emitida esta quinta-feira lembra que apenas nos concessionários que já iniciaram a sua actividade é que existe obrigatoriedade da presença de nadadores-salvadores. A maioria das praias está sem vigilância nem sinalização.

Trinta e seis pessoas morreram afogadas entre 1 de Janeiro e 1 de Maio deste ano, metade das quais no mar, segundo dados divulgados por um observatório da Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores. Faro, Lisboa, Porto e Leiria foram os distritos onde ocorreram mais mortes.

http://rr.sapo.pt/noticia/82775/fuzileiros_vao_ajudar_a_vigiar_as_praias_antes_da_epoca_balnear

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Costa De Caparica

Ajude-nos a divulgar a Costa de Caparica