Enoque animou as hostes da primeira noite do Caparica Surf Fest

Noticias

Enoque animou as hostes da primeira noite do Caparica…

Já começou o festival na Costa da Caparica

Depois das primeiras provas do dia, que incluiu a primeira etapa do campeonato de bodyboard europeu e do desporto escolar, a noite despertou fria mas os ritmos foram quentes na tenda da praia do Paraíso que acolheu a primeira noite do Caparica Primavera Surf Fest.

No arranque da quarta edição do festival de música e surf da margem sul, Enoque fez as apresentações na véspera de lançar o primeiro álbum a solo, frente a um público muito jovem que aos poucos foi compondo o recinto. “Vocês vieram fazer a festa? Juntem-se aqui mais à frente”, apelou o cantor de 24 anos, nascido em Belo Horizonte, no Brasil, mais conhecido pelas suas participações com os HMB, o nome forte do cartaz desta noite. Muito soul e batida quente, “saída do coração”, segundo o próprio, energia e boa vibe não lhe faltou para puxar pelo público maioritariamente adolescente que o seguiu em algumas versões e temas originais. “Quem é que gosta de R&B? Esta música é para vocês”, anunciou, antes de pedir para o seguirem nas redes sociais e plataformas digitais. E se algumas canções não eram ainda conhecidas do público, Enoque aproveitou para fechar a sua estreia no palco da Caparica com “Jura”, o tema apadrinhado por Anselmo Ralph e “Nunca é bom demais”, o seu primeiro single lançado em 2016.

O hip-hop foi dono e senhor com os MGDRV, a segunda atuação da noite reservada ao trio composto por Apache, Pité e Yo Cliché. A sua estreia no Caparica Primavera Surf Fest ficou marcada pelas novas faixas do EP “Morte Fixe Rap”, lançado esta semana, as três palavras que nunca esqueceram em grafittis de outros tempos. Mas foi com “People à Rasca”, um dos singles mais conhecidos que detonaram a primeira franja da plateia. “Nada a ninguém”, o primeiro single do novo trabalho, foi o escolhido pelos MGDR para unir os ecrãs dos telemóveis e seguir a viagem à margem sul da nova banda de rap lisboeta, em estreia no festival primaveril, abrindo passagem ao nome mais esperado desta quinta-feira que não tardou a invadir o palco com a boa onda do costume. Héber Marques e companhia trouxeram o funk embebido em soul e R&B, marca de uma década de sucesso, ao palco onde regressaram pela terceira vez. Quem estava à espera, não ficou desiludido, os HMB fizeram a festa, como tão bem sabem e gostam, num afago acolhedor ao público da Caparica que se uniu aos refrões de “Paixão”, ou o “Amor é Assim”, temas mais conhecidos e antes do set de DJ Glue no encerrar de portas da primeira noites de concertos que se prolongam até à próxima semana.

https://www.dn.pt/artes/interior/enoque-animou-as-hostes-da-primeira-noite-do-caparica-surf-fest-9208389.html

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Costa De Caparica

Ajude-nos a divulgar a Costa de Caparica