Rendas da habitação em máximos afastam jovens de Almada

Noticias

Rendas da habitação em máximos afastam jovens de Almada

Os sucessivos máximos nos valores das rendas alcançados nos últimos anos em Almada estão a impedir muitos jovens de se fixarem na cidade. 

 

Fábio Traquinas, 26 anos, trabalha como bartender no Intendente, em Lisboa, e procura casa em Almada desde novembro de 2021. De momento, vive com um casal amigo no Fogueteiro e continua em busca de um T2 para partilhar em Almada.

“Durante algum tempo acho que vai ser essa a solução. Não há maneira. Os T2 em Almada só se encontram a 700 euros. Como é que recebendo o salário mínimo, que são 705 euros, consigo alugar um T2 sozinho? Sobram-me 5 euros”, ri-se.

Ler mais: https://almadense.sapo.pt/habitacao/rendas-da-habitacao-em-maximos-afastam-jovens-de-almada/

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Costa De Caparica

Ajude-nos a divulgar a Costa de Caparica