Noticias

NOVOS EQUIPAMENTOS PARA EXERCÍCIO FÍSICO INSTALADOS NA PRAIA

10620306_1644537819139089_1861742438629735832_o 12190132_1644537785805759_5706923895156534621_n 12219379_1644537815805756_2180793623704720807_n 12191002_1644537595805778_4895658838440700693_n

A Junta de Freguesia instalou três novos aparelhos de ginástica no paredão da praia e procedeu à reparação dos restantes.

Ao todo, são oito os equipamentos disponíveis naquele espaço junto à escadaria de acesso às praias, mais concretamente junto à praia do Tarquinio.


Os equipamentos, colocados pela primeira vez no ano passado, numa iniciativa da Junta de Freguesia que pretende promover a saúde e a actividade física, encontravam-se em estado degradado e a necessitar de substituição e reparação.

Noticias

Ondaparque

2


11219625_1100247836654295_3838136699220019265_n 12193471_1100247823320963_1189031932086606298_n 12219392_1100247826654296_5913308522953438817_n

De um sonho a um Projecto….
Hoje deixo-vos com umas imagens em 3D de um pouco de como poderá ou como poderia ser um pouquinho do Ondaparque é um trabalho muito árduo desenvolvido por uma pequena equipa que mete em pratica e em 3d de como devia e como poderia estar o nosso parque espero que gostem.


Source: https://www.facebook.com/OndaparquePortugal/

Noticias

Câmara de Almada recua com Plano de Pormenor da…

999678

Joaquim Judas, presidente da Câmara, e a vereadora Amélia Pardal garantem que o projecto não avançará contra a vontade dos residentes O presidente da Câmara de Almada, Joaquim Judas, garantiu que a autarquia não avançará com o Plano de Pormenor da Fonte da Telha contra a vontade dos moradores, mas reafirmou a necessidade de requalificação daquela zona.
“Contra a opinião dos moradores da Fonte da Telha, não haverá plano de pormenor, mas ninguém vai ouvir o presidente da Câmara dizer que aquilo está bem”, disse o autarca da CDU no encerramento de uma reunião com munícipes, no âmbito da discussão pública do Plano de Pormenor da Fonte da Telha, que decorre até 12 de Novembro.
Com o Auditório Costa de Caparica a abarrotar, centenas de moradores e pescadores reafirmaram a intenção de permanecerem na Fonte da Telha, local onde alguns deles nasceram e onde sempre trabalharam, ao mesmo tempo que se manifestavam contra as demolições previstas na proposta de Plano de Pormenor apresentada pela autarquia para a requalificação e ordenamento.

Os técnicos responsáveis pela elaboração do plano de pormenor, que prevê a demolição de grande parte dos cerca de 500 edifícios existentes na Fonte da Telha, começaram por sublinhar a necessidade de prevenir situações de risco devido às alterações climáticas que provocam o avanço do mar em diversas zonas da costa portuguesa. No entanto, as preocupações dos moradores estavam apenas focadas na perspectiva de demolição das casas e na possibilidade de terem de abandonar o local onde vivem.
Source: http://setubalnarede.pt/diario-da-regiao/camara-de-almada-recua-com-plano-de-pormenor-da-fonte-da-telha-10924/
Noticias

RAIL-TO-RAIL BODYBOARD – Gallery




RAIL-TO-RAIL BODYBOARD

“MARGEM SUL SECTIONS”

Quando o Sol nasce é para todos!…que o digam os bodyboarders que usufru…

Posted by Rail-To-Rail Bodyboard on Sunday, 8 November 2015




 

RAIL-TO-RAIL BODYBOARD

Élio Dias… sempre atrás de boas ondas!… e vai conseguindo o seu objectivo!

Photos: André…

Posted by Rail-To-Rail Bodyboard on Monday, 9 November 2015

Noticias

Passatempo – Ganha um boné NF

12226390_1497127857282537_1340602360_n

Passatempo!

Se queres ganhar um destes bonés, é simples e só seguires os passos abaixo!

1º Mete Like na Página da Costa de Caparica e do Nuno Fontinha

2º Partilha este link no teu Facebook

3º Envia um e-mail para cdecaparica@gmail.com com o motivo de seres tu a ganhar!

Termina dia 15/11/2015

Boa Sorte a todos!

Noticias

Inauguração de Presépio

presepio 330

Inaugura já na próxima segunda feira, dia 9 Novembro pelas 17h o Presépio situado no centro Comercial O Pescador. este grande presépio será inaugurado pelo Sr. Presidente da Junta de Freguesia, Sr. José Ricardo Martins.

Este ano acresce mais algumas novidades, como sendo um pântanos nebuloso, um pombal e até há chaminés que deitam fumo.
Um trabalho admirável, só possível de realizar atendendo ao conceito de trabalho voluntário em que uma grande parte deste projeto se baseia.

Absolutamente extraordinário, é o facto deste ano a equipa ter montado o presépio por cima da já existente maqueta de comboios, permanecendo ambas em exposição, o que consistiu num verdadeiro trabalho de engenharia.

Uma obra de engenharia...

Ambos os projetos podem sem apoiados com a introdução de uma moeda de 50 cêntimos, como patrocínio destes projetos que contam ainda com o apoio do

Centro Comercial O Pescador e este ano também com o Apoio da Junta de Freguesia da Costa da Caparica.

Agora é visitar e ajudar a divulgar este importante ponto de interesse na Costa da Caparica!

Source: http://gandaia.info/?p=9341

Noticias

Moradores da Fonte da Telha contestam demolições mas a…

As habitações da Fonte da Telha serão demolidas para que seja feita uma reordenação territorial, uma decisão que está gerar vários protestos entre moradores e comerciantes.Todos serão realojados, garante a autarquia.

O futuro local de alojamento que será reconstruído na Fonte da Telha terá como destinatários a “comunidade piscatória pré-existente” e prevê a construção de 70 casas São cerca de 400 pessoas que moram nas habitações cuja demolição está prevista no plano de pormenor da Fonte da Telha. A câmara sublinha que se trata de uma proposta “em fase de apreciação e discussão pública”, em que podem ser feitas alterações de modo a incluir “contributos relevantes”.

Neste plano de pormenor está previsto o realojamento dos moradores mas também a reconstrução de alguns dos estabelecimentos comerciais em locais apropriados, em conformidade com o plano de ordenamento da orla costeira Sintra-Sado. O futuro local de alojamento que será reconstruído na Fonte da Telha terá como destinatários a “comunidade piscatória pré-existente” e prevê a construção de 70 casas. Todos os que não se enquadrem nesta categoria serão realojados fora da área de intervenção, em habitações municipais.Para quem queira manifestar a sua opinião sobre o plano de pormenor, haverá uma sessão pública que se realizará esta quinta-feira, às 21h, no Auditório Costa da Caparica, dentro do Centro Comercial O Pescador. Nesta reunião será apresentada e discutida a proposta de plano de pormenor da Fonte da Telha, cuja fase de discussão termina a 12 de Novembro, data correspondente aos 90 dias depois da sua divulgação em Diário da República.Os moradores vão aproveitar esta fase de discussão pública para contestarem as demolições, sendo que tem havido alguma indignação devido à autorização da permanência de alguns estabelecimentos comerciais, mesmo estando mais perto da linha do mar.

Esses três serviços de apoio à praia – o Bambu Bar, o Rampa e o Lareira – não serão demolidos por já terem sido construídos cumprindo as indicações do plano de ordenamento da orla costeira de Sintra-Sado. Os outros sete locais de comércio, entre os quais o Retiro dos Pescadores, serão demolidos e reconstruídos em zonas mais altas, de modo a evitar problemas devido à instabilidade desta zona litoral.

Entre os principais objectivos deste plano de pormenor, que tem uma área de intervenção de 85 hectares, está também o reordenamento da circulação viária, a qualificação do perímetro urbano, a criação de espaços de estacionamento, a definição da localização dos apoios de praia e a renaturalização do espaço entre a arriba e o cordão dunar.

Através do seu departamento de comunicação, a Câmara de Almada diz compreender as preocupações dos moradores mas reitera que a ausência de intervenção naquela parcela do território “não serve os reais interesses dos residentes, dos comerciantes e dos pescadores”.


A autarquia afirma a sua determinação em assegurar a “conservação do valioso património humano, cultural e económico ali existente”, sendo para isso necessária a “criação de condições para que no futuro a comunidade se possa manter junta”. O plano de pormenor antecipa a construção de uma “malha urbana qualificada, adequada ao realojamento da comunidade piscatória residente e à valorização da respectiva actividade”.

De acordo com os termos de referência do plano de pormenor, a área da zona da Fonte da Telha foi “objecto de uma ocupação urbana ilegal”, maioritariamente nas décadas de 70 e 80. Segundo o mesmo documento, este “aglomerado de edificações”, que se estende por cerca de dois quilómetros, corresponde a uma área “urbanisticamente desqualificada e paisagisticamente degradada”, para além das condições instáveis do mar e da arriba.

O projecto está orçado num total de 29,5 milhões de euros e só as demolições terão um custo de 3,9 milhões. Para as expropriações dos terrenos (onde será construído o novo núcleo urbano) estão reservados outros 3,9 milhões de euros e o realojamento fora da Fonte da Telha custará 2,7 milhões. A fase de edificação, que prevê a construção de uma igreja e de uma escola de desportos náuticos, está avaliada em 8,2 milhões de euros. Já a renaturalização terá um custo de 1,6 milhões de euros e permitirá a recuperação do sistema dunar através da plantação de espécies que permitem reter as areias.

Texto editado por Ana Fernandes

Grande parte dos edifícios da Fonte da Telha será demolida para que possa haver uma requalificação urbanística daquela zona. De acordo com documentos divulgados pela Câmara de Almada, o principal problema destas habitações tem que ver com “a instabilidade da arriba fóssil e a proximidade do mar”. Os moradores e comerciantes da Fonte da Telha não estão satisfeitos com a decisão e não querem perder as suas casas e estabelecimentos comerciais. Esta quarta-feira, a Câmara de Almada anunciou em nota de imprensa que compreende as preocupações dos habitantes mas garante que estes “muito beneficiarão com a melhoria das condições gerais” do território na Fonte da Telha.

Source: http://www.publico.pt/local/noticia/moradores-da-fonte-da-telha-contestam-demolicoes-mas-a-camara-diz-que-e-o-melhor-a-ser-feito-1713375?page=-1
Noticias

Quatro pescadores resgatados vivos na Costa da Caparica

11822380_1657315217825914_7592410498611278365_n

Quatro pescadores sobreviveram ao naufrágio de uma embarcação de pesca de arte xávega ocorrido esta terça-feira, a poucas dezenas de metros da praia da Costa Caparica, Almada.

Segundo a mesma fonte, os quatro homens foram resgatados com a ajuda de outros pescadores que se encontravam a trabalhar na mesma zona, tendo sido posteriormente transportados ao hospital Garcia de Orta, em Almada, dado que tinham ingerido alguma água salgada e apresentavam sinais de hipotermia.

“Estão todos estáveis e à espera de terem alta, o que deverá acontecer dentro de poucas horas”, disse à Lusa fonte hospitalar, adiantando que nenhum dos quatro pescadores apresentava problemas de maior.

De acordo com a Polícia Marítima, o acidente ocorreu quando a embarcação de pesca saía para o mar, por razões que ainda estão por apurar, embora se admita a possibilidade de o naufrágio ter ocorrido devido a uma falha do motor.

Source: http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Set%FAbal&Concelho=Almada&Option=Interior&content_id=4868114