Noticias

Noticias

Garrett McNamara na Costa da Caparica no domingo

mcnamara140715

Oferecer uma aula de surf a quem nunca ousou ou teve oportunidade de experimentar é o objectivo do projecto Buondi Surf Sessions. Um projecto-piloto que, além de proporcionar uma experiência intensa, visa também divulgar o surf, desporto que tem vindo a angariar um cada vez maior número de fãs.

Com este intuito, o projecto, que conta com a participação de Garrett McNamara, assenta essencialmente na oferta de aulas à população em geral mas também a crianças e jovens institucionalizados e/ou com necessidades especiais. Em ambos os casos, destinam-se a quem, por qualquer razão, não teve a oportunidade de experimentar.

Assim, até 19 de Julho (domingo), o Buondi Surf Sessions vai percorrer cinco praias do país – de Matosinhos à Costa da Caparica – oferecendo aulas à população e a várias instituições.
Próximas aulas:

18 Julho – Praia de Carcavelos
Aulas de Surf com Garrett McNamara:
10:30 – Crianças e jovens Instituição da Santa Casa da Misericórdia
11:30 – Aberta à população

19 Julho – Praia do CDS – Costa da Caparica
Aulas de Surf com Garrett McNamara:
10:30 – Crianças e jovens Instituição da Santa Casa da Misericórdia
11:30 – Aberta à população

Source: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=781787

Noticias

Feira Medieval no INATEL da Costa da Caparica

Fantasia Medieval na Costa da Caparica

A unidade hoteleira do INATEL na Costa da Caparica, recebeu, no passado fim de semana uma recriação histórica medieval. A animação com artesãos trajados à época, regressa no próximo fim de semana, de 10 a 12 de Julho, com acções de falcoaria, artesanato, danças e músicas da época, bem como uma ceia medieval.

A Floresta Encantada – Fantasia Medieval tem início às 17h00, com a abertura do acampamento, e entre as 18h00 e as 24h00 os visitantes podem assistir a animação de rua pela AGAPE e Gilteatro, demonstrações de aves de rapina pela Art Falco, música de inspiração medieval pelos Jograis del Rei e Gaiteiros de Bordoada, dança oriental de fusão tribal pela Companhia Al-Nawar, dança medieval pelo Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros e o espetáculo de fogo pela AGAPE.

No sábado, dia 11 de julho, está prevista uma Ceia Medieval, cuja ementa inclui entradas, sopas (caldo verde e sopa da pedra), as carnes assadas (porco, galinha, pato), sobremesas (pêras bêbedas, sericaia e pudins) e bebidas. A refeição será servida ao som de música, malabarista, tambores, bem como danças palacianas e danças orientais, que animarão o serão.

A entrada na feira tem um custo de 2 euros (adulto) e 1 euro (crianças dos 5 aos 8 anos). A ceia tem um custo por pessoa de 25 euros e  inclui traje fornecido pela organização. As crianças dos 5 aos 8 anos pagam 50%. As reservas para a Ceia devem ser feitas até ao dia 8 de julho para a Fundação INATEL Caparica.

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

Source: http://canelaehortela.com/feira-medieval-no-inatel-da-costa-da-caparica8675/

Noticias

Requalificação das dunas foi um sucesso em São João…

784593

O presidente da Câmara de Almada, Joaquim Judas, defendeu nesta sexta-feira que o projecto de requalificação das dunas nas praias de S. João da Caparica foi um sucesso e deveria ser estendido a outras praias da região e do país.

“Era bom que esta experiência fosse prolongada a outros locais da região, designadamente às praias do sul da Costa da Caparica, onde o sistema dunar também está ameaçado, mas também a outras zonas do país”, disse o autarca da CDU, salientando a importância do projecto que permitiu recuperar mais de um quilómetro do cordão dunar e, simultaneamente, requalificar sete apoios de praia.

“O projecto ReDuna [Recuperação e Restauração Ecológica do Sistema Dunar de S. João da Caparica] é uma experiência muito interessante, que tem tido o sucesso que se está aqui a demonstrar, é relativamente barato e tem um resultado fantástico, porque, sem alterarmos aquilo que é a paisagem de que as pessoas tanto gostam, e até qualificando essa paisagem, asseguramos uma boa proteção da nossa frente dunar”, acrescentou Joaquim Judas.

O presidente da Câmara de Almada recordou que o investimento global foi de 250 mil euros, montante financiado a 100% pelo Programa Operacional Temático Valorização Territorial (POVT). “Através de meios naturais é possível defender o ambiente e corrigir danos provocados por situações críticas, como foi o caso das tempestades [Hércules e Cristina] no ano passado, na Costa da Caparica”, disse o autarca à agência Lusa.

O projecto ReDuna surgiu na sequência de uma proposta do município de Almada à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para uma candidatura ao POVT, dada a importância dos sistemas dunares nas praias da Costa da Caparica, enquanto barreiras físicas naturais resistentes à acção dos ventos e das ondas, principalmente durante as tempestades de inverno.

Segundo Patrícia Silva, botânica do Departamento de Estratégia e Gestão Ambiental Sustentável da Câmara de Almada, a recuperação das dunas de S. João da Caparica, que teve a colaboração de diversas entidades, designadamente da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, foi um “um sucesso”. “Fizemos plantação de plantas criadas em viveiro, e de plantas que já existem no sistema dunar, e vamos fazer sementeiras, a partir das sementes recolhidas destas plantas”, disse Patrícia Silva, salientando o papel fundamental da `ammophila arenaria´ (estorno), uma planta que desenvolve raízes verticais e longitudinais e que deverá ser “a grande estruturadora da frente dunar”.

“Temos dois conjuntos de plantas: as da frente dunar, que estão habituadas a esta dinâmica toda de erosão, agressão e hidrodinamismo – o elymus farctus(feno das areias) a ammophila arenaria (estorno) e o eryngium maritimum (cardo rolador), e um outro conjunto de plantas auxiliares, na duna secundária”, disse.
Segundo Patrícia Silva, nas dunas secundárias há uma grande aposta naartemisia vulgaris, a par de outras plantas que deverão ajudar a criar maior biodiversidade.

Source: http://www.publico.pt/local/noticia/requalificacao-das-dunas-foi-um-sucesso-em-sao-joao-da-caparica-1699557

Noticias

COSTA DA CAPARICA TEM NOVA PRAIA DE NATURISMO

shoes-801949_1920-300x225

A Praia da Adiça, na Costa da Caparica, passou a ser oficialmente, desde o passado mês de junho, uma praia naturista. A decisão, sobre o processo iniciado em setembro de 2014, foi tomada na Assembleia Municipal de Almada de 26 de junho, com votos favoráveis da maioria dos deputados.

A Praia da Adiça é assim a segunda praia naturista do concelho, ao juntar-se à Praia da Bela Vista, onde a prática do nudismo é permitida há cerca de trinta anos.

A Câmara Municipal de Almada justifica a proposta como uma necessidade de corresponder à procura dessa prática nas praias, que tem ganho “cada vez mais adeptos a nível mundial”.

A legalização do naturismo na praia da Costa da Caparica, solicitada pela Federação Portuguesa de Naturismo (FPN), faz de Almada o único concelho com duas praias naturistas oficiais, num total de oito praias em Portugal.

A proposta, aprovada em Assembleia Municipal, destaca a prática naturista como “uma forma de viver em harmonia com a natureza caracterizada pela prática da nudez coletiva, com o propósito de favorecer a auto estima, o respeito pelo outros e pelo ambiente”.

Source: http://setubaltv.com/costa-da-caparica-tem-nova-praia-de-naturismo/

Noticias

Margem sul é agora a Lisbon South Bay

529060

É o novo nome adoptado para os territórios da margem sul do Tejo, geridos pela Baía do Tejo e integrados no Arco Ribeirinho Sul. Opção pelo inglês justificada com necessidade de ‘posicionamento global’.

O nome, apresentado esta quinta-feira pela administração da empresa e pelos presidentes das três câmaras municipais (CDU), resulta de um estudo de marketing em que foram realizadas mais de mil entrevistas, a entidades e pessoas da região, e tem como objectivo, segundo o presidente da Baía do Tejo (empresa pública do universo Parpública), facilitar a promoção internacional dos parques industriais do Barreiro e Seixal, e a Cidade da Água projectada para os terrenos da antiga Margueira, em Almada.

A opção por uma designação em língua inglesa foi justificada por Jacinto Pereira com a necessidade de um “posicionamento global” da estratégia que pretende “construir uma região de referência à escala internacional” e “atrair investimento e emprego”.

Os autarcas de Almada, Seixal e Barreiro, questionados pelo PÚBLICO, dizem não recear qualquer falta de identificação das populações destes concelhos com o nome em inglês. “Isto está como o Paracetamol para o Ben-u-ron, o Arco Ribeirinho Sul será sempre o nosso paracetamol”, disse Joaquim Judas, presidente da Câmara de Almada. Carlos Humberto, do Barreiro, acrescentou que “aquilo que interessa às populações é que se consiga atrair investimento, o que as pessoas querem é emprego”.

A designação Lisbon South Bay envolve apenas três dos seis municípios que integram o projecto Arco Ribeirinho Sul, por serem aqueles em que a Baía do Tejo detém territórios, e foi seleccionada entre 70 hipóteses iniciais por mostrar facilmente a localização geográfica. “É fácil, para qualquer investidor, encontrar Lisboa, o sul do Tejo e a baía”, defende Joaquim Judas.

O autarca do Seixal, Joaquim Santos, diz esperar que, com o novo plano de promoção, de que o nome é apenas o “primeiro passo”, a margem sul do Tejo passe a ser vista “não como um deserto, como se dizia há uns anos, mas como um oásis para investimento”.

O projecto é explicado neste site oficial.

Via: http://fugas.publico.pt/Noticias/350307_almada-seixal-e-barreiro-sao-agora-a-lisbon-south-bay

Noticias

TST ‘só pára na praia’ até 31 de agosto‏

tst-praia-1728x800_c

Para comemorar a chegada do verão e até 31 de agosto, a TST – Transportes Sul do Tejo disponibiliza carreiras com horários reforçados para as praias da Figueirinha, Sesimbra, Costa da Caparica e Fonte da Telha.

Além disto, os passageiros vão poder desfrutar de viagens em autocarros descapotáveis nos percursos de Setúbal para a Praia da Figueirinha (carreira 723) e de Lisboa (Praça de Espanha) para a Praia da Costa da Caparica (carreira 153).

A TST apresenta mais uma novidade este ano: o novo passe semanal de sete dias para as carreiras 153 e 161 (Lisboa – Costa da Caparica). Esta nova opção de título de transporte permite que os passageiros realizem o número de viagens que entenderem, durante sete dias consecutivos. O passe semanal tem o valor de 15€ e é carregado no cartão Viva Viagem ou Lisboa Viva.

Em 2014, a TST transportou para as praias cerca de 500 mil pessoas.

 

Percursos disponibilizados (com ligações diárias, de 2ª feira a domingo, durante todo o dia):

– Praia da Figueirinha – início em Setúbal (com periodicidade diária) e a partir do parque Secil, com o autocarro vai-vem (em funcionamento durante os fins de semana, até 28 de junho, e todos os dias da semana, a partir de 1 de julho).

– Praia da Costa da Caparica – a partir de Lisboa, (Alcântara, Praça de Espanha e Areeiro) e de Cacilhas, Corroios, Qta. do Brasileiro e Trafaria;

– Praia da Fonte da Telha – partidas de Cacilhas e de Paio Pires;

– Praia de Sesimbra – início na Baixa da Banheira e na Moita.

 

Via: http://www.distritonline.pt/tst-so-para-na-praia-ate-31-de-agosto%e2%80%8f/

Costa De Caparica

Ajude-nos a divulgar a Costa de Caparica